Sexta-Feira 24 de Outubro de 2014 | Usuários Online: 3
CEHG - 12
Agenda
Células
Cadastro
Estudos
Fale Conosco
Pastores
Pedidos de Oração
Quem Somos
Relatórios On line
Reuniões Semanais
Vídeos
Mídia
Fotos dos Eventos
Localização
Redes e Ministérios
Rede de Casais
Rede de Mulheres - Mulheres de Impacto
Ministério de Dança Geração Eleita
Listar Todos



- Mande um email
 O DESAFIO DA CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA
O DESAFIO DA CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA



Prezados Irmãos. Um dos desafios para a Comunidade Evangélica de Honório Gurgel no ano de 2004 é fazer com que todo os membros da igreja sejam dizimistas fiéis e ofertantes liberais.

Como Igreja da Visão Celular no Governo dos Doze, temos que zelar para que os membros da Igreja sejam referências também neste sentido, não só participem das Células, ganhem vidas, sejam Líderes de Células, mas ao lado disso, sejam exemplos na contribuição financeira.

Queremos olhar para cada membro da Igreja como um Lidere de fato e um Líder em potencial.

Cada Líder precisa ser modelo e em todas as áreas, inclusive ser um dizimista fiel e um ofertante liberal.

Ao consolidar alguém, o Líder precisa ensinar pela palavra e pelo exemplo. A pessoa que estiver sendo consolidada vai aprender muito mais pelo exemplo do que simplesmente pelo ensino da palavra.

Fizemos um levantamento dos contribuintes financeiros, e constatamos o seguinte quadro: uma boa parte dos membros da Igreja, é dizimista e ofertante fiel; outros são irregulares na entrega do dízimo. Dizima um mês, falha outro ou outros. Há ainda os que dão o dízimo de Ananias e Safira, são os que dão parte ou 50% do dízimo e coloca no envelope que é o dízimo total. Por último, há os crentes “zero quilômetro”, não entregam dízimo algum durante todo o ano.

A nossa palavra é para que os que são dizimistas fiéis continuem na fidelidade; os que têm a intenção de ser dizimista, mas estão vários meses atrasados é para que peçam perdão a Deus, cancelem o atrasado e comecem uma vida nova, sem atraso.

Para o que dão o dízimo de Ananias e Safira, subtraindo parte do dízimo e colocando no envelope que é dízimo total, peçam perdão a Deus e regularize a situação. Para os que têm sido “zero quilômetro”, não entregaram o dízimo o ano inteiro, é para que se arrependam do seu pecado e tome uma decisão séria na sua vida de ser um dizimista fiel. “Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida”. Deus desce ao nosso nível e permite que nós O ponhamos à prova “Provai-me nisto”, (nos dízimos e nas ofertas), diz o Senhor dos Exércitos.

Deus não falha no cumprimento da Sua palavra. Sinta-se desafiado por Deus a fazer prova dEle e verá o resultado positivo. “Deus não é homem para que minta...” (Nm. 23:19).

Ele tem o compromisso de abençoar os que lhe são fiéis.















Aleluia. Graça e Paz.

Bp. Hélio Mauricio Brum

Data: 07/11/2004
Comentários
  Deixe seu comentário
Últimos
SEGUINDO JESUS, CAMINHANDO PELA VERDADE
2012 O ANO DA MANIFESTAÇÃO DA GLÓRIA DE DEUS E DOS SEUS FILHOS
Pensamento do Eterno sobre as Primícias
UM NOVO TEMPO, UMA NOVA HISTÓRIA. TEMPO DE CONQUISTAS MILAGROSAS.
O CRESCIMENTO EQUILIBRADO DA IGREJA
  Listar tudo
Login
 Email
 Sua Senha
Cadastre-se
Indique um amigo
 Seu nome:
 Nome do Amigo:
 Email do Amigo:

 Copyright © IDEFACIL - Comunidade Evangélica de Honório Gurgel | Todos os Direitos Reservados